Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco
 

Destaques do MPPE

31/03/20202 - O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da 1ª Promotoria Cível de Santa Cruz do Capibaribe, ingressou com ação civil pública na Justiça, com pedido de tutela de urgência, para que Pronto Socorro da Unimed, no município, disponibilize aos usuários o devido pronto atendimento aos seus clientes, por todos os dias da semana, em horário integral e com serviço de ambulância, em razão da pandemia de Coronavírus (Covid-19).

Segundo o promotor de Justiça, Lúcio Carlos Malta Cabral, 48 clientes da empresa solicitaram ao MPPE que a unidade da Unimed no município funcione 24 horas por dia, sem interrupção, para atendimento.

Por aproximadamente dez anos, de acordo com o relato dos consumidores, a unidade funcionou com esse sistema de atendimento. No entanto, os usuários do plano de saúde informaram que a operadora reduziu a apenas 12 horas o funcionamento da unidade situada em Santa Cruz do Capibaribe, desde março de 2016, realizando atendimentos de 7h às 19h.

“Não bastasse a súbita redução no horário de atendimento neste município, a Unimed Caruaru (empresa que administra o Pronto Socorro em Santa Cruz do Capibaribe) também removeu a ambulância que atendia os usuários residentes no município, deslocando-a para Caruaru, ao argumento de que, caso algum usuário necessite, a referida ambulância retornará a esta cidade para buscá-lo’, completou Lúcio Carlos Malta Cabral.

O promotor de Justiça lembra que, pelo o descaso da Unimed com os consumidores santacruzenses, o MPPE instaurou Inquérito Civil em 2018 já buscando a reativação das 24 horas de atendimento da unidade de saúde.

“É justo que os usuários santacruzenses permaneçam desassistidos, tendo que se socorrer ao SUS quando já vêm custeando um plano de saúde? É justo que os usuários não possuam ao menos uma ambulância à disposição, tendo que se socorrer ao Samu em caso de emergência (dado que a ambulância mais próxima está em Caruaru?”, questionou o promotor de Justiça.

“Ademais, quando um usuário do plano de saúde vem a ser atendido pelo SUS, está se retirando, de maneira indireta, o espaço de uma pessoa mais humilde, que não tem recursos para ir a uma unidade privada, daí a importância da Unimed funcionar em período integral, e com disposição de ambulância, enquanto houver o risco de contágio do Covid-19”, salientou Lúcio Carlos Malta Cabral.

Além do serviço em horário integral e de ambulância disponível, é necessário que a urgência e emergência da unidade da Unimed em Santa Cruz do Capibaribe conte ainda com um plantão que obedeça às normas mínimas previstas nas resoluções do Conselho Federal de Medicina (CFM), inclusive quanto à existência de uma quantidade mínima de profissionais da área médica.

Imagem acessível: retângulo com fotografia de parte superior de uma ambulância traz sobrepostos os dizeres Ação civil propõe que Uimed atenda 24 horas e com serviço de ambulância. Acima, tarja vermelha com Santa Cruz do Capibaribe. Acima, logomarca criada pelo MPPE para o assunto Coronavírus

Destaques Notícias


Veja todas as Notícias
Consulta de Licitações
publicidade consulta licitação
Consulta de Licitações
Diário Oficial
Diário Oficial
Diário Oficial
Consulta Processual
publicidade consulta processual
Consulta Processual
Publicidade Transparência SIC
Publicidade Transparência SIC
Sistema SIM
Sistema SIM
Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco