Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco
 

Destaques do MPPE

04/05/2017 - O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) esteve na Escola Municipal Karla Patrícia, em Boa Viagem, na última quarta-feira (3), junto com profissionais da Secretaria de Educação do Recife, com o intuito de acompanhar o trabalho realizado pelos alunos a partir do uso dos kits educativos da campanha Corrupção. Tem Jeito como material pedagógico.

O material foi utilizado pelos professores e coordenadores da escola em atividades que envolveram cerca de 120 estudantes do ensino fundamental. Ao longo do ano letivo, mais alunos terão a oportunidade de usar o material. ”O material facilitou essa atividade pedagógica, foi muito prático. Acredito que agora na cabeça das crianças ficou bem claro o que é a corrupção”, avaliou o professor Charles Gilberto.

As atividades realizadas na escola visaram o desenvolvimento das habilidades oratória e escrita das crianças. Os alunos do 1° ao 5° ano da Escola Karla Patrícia deram aulas para outras turmas sobre o tema, fizeram redações, dramatizações, cartazes e desenhos exercitando a criatividade com base no assunto.

“O material é riquíssimo, abriu portas para que eles fizessem uma autoavaliação e percebessem que pequenos atos feitos em sala de aula são contribuidores para um País corrupto lá na frente, o MPPE está de parabéns, as crianças amaram e já estão multiplicando esse conhecimento”, complementa a coordenadora da escola, Márcia Breckenfeld.

A aluna do 4° ano Jenifer Ferreira relatou sua impressão sobre as ações pedagógicas com base no kit educativo. “Eu achei muito legal, é uma oportunidade da gente aprender mais e poder transmitir isso pra nossa casa. Eu achava que corrupção era coisa só de políticos e agora aprendi que não. Se todos lutarem contra a corrupção, ela tem jeito”, detalhou a estudante.

Segundo a técnica pedagógica da Secretaria da Educação do Recife, Lúcia Machado, cento e noventa e seis escolas do Recife foram beneficiadas com os kits Corrupção. Tem Jeito. “Essa faixa etária, do ensino fundamental, é quando os vícios ainda não estão estabelecidos; eles estão abertos, assim podemos ensinar, porque é impressionante o poder deles de refletir. A Escola Karla Patrícia nos emocionou hoje”, complementou.

De acordo com o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Sonegação Fiscal (Caop Sonegação Fiscal), procurador de Justiça José Lopes, o MPPE espera que a ação seja uma forma de multiplicar conhecimento. “A partir dos menores é que se inicia o processo de cidadania; ela é feita de pedacinhos, é uma construção ao longo da vida. Para se ter uma nação justa é preciso saber que o jeitinho brasileiro caiu no passado. Essa formação precisa ser voltada ao próximo, e respeito se faz seguindo as leis”, afirmou.

Saiba Mais:
Jogo de Memória Corrupção. Tem Jeito - O MPPE acredita que a sensibilização das crianças é também uma forte aliada para mudar o sério problema da corrupção. Confira as cartelas do Jogo de Memória Corrupção. Tem Jeito, produzido pela Assessoria Ministerial de Comunicação Social do MPPE, que apresenta atitudes corruptas e honestas para que os jovens reflitam sobre seu papel na formação de novos valores para a sociedade.

Um conto da Corruplândia - Era uma vez um reino distante chamado Corruplândia. Os moradores desse reino têm uma história pra contar, e o MPPE acredita que as crianças e os jovens podem, desde cedo, desenvolver seu senso crítico e valores éticos para a construção de uma sociedade sem corrupção.


 

Destaques Notícias


Veja todas as Notícias
Consulta de Licitações
publicidade consulta licitação
Consulta de Licitações
Diário Oficial
Diário Oficial
Diário Oficial
Consulta Processual
publicidade consulta processual
Consulta Processual
Publicidade Transparência SIC
Publicidade Transparência SIC
Sistema SIM
Sistema SIM
Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco