Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco
 

Destaques do MPPE

A cidade de Ibirajuba, município do Agreste Pernambucano, recebeu no dia 9 de julho de 2019 o evento Cidadania com Vez e Voz. A ação realizada no Tribunal do Júri com o apoio da Promotora de Justiça da Comarca. Dra. Gabriela Lapenda, contou com a presença de aproximadamente 50 participantes. Dentre o público, compareceram estudantes da Escola Municipal Professora Joseja Paulina de Souza, gestores, advogados, líderes comunitários, conselheiros de direitos e representantes dos Poderes Executivo e Legislativo.

 

O objetivo do projeto Cidadania com Vez e Voz é fazer com que o MPPE esteja mais próximo da população e, a partir da escuta popular, identificar as principais necessidades de cada região visitada, propondo um diagnóstico preciso do que são prioridades para cada município, nos diversos setores que englobam a cidadania, como moradia; combate à fome; drogas; violência doméstica; direito do idoso, entre outros.

Mais informações sobre o projeto estão disponíveis em:

https://mppe.mp.br/mppe/projetos-caop-defesa-da-cidadania-2/cidadania-com-vez-e-voz

A metodologia do evento abrange, além de uma palestra da Coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania (CAOP) Cidadania – Dra. Dalva Cabral de Oliveira Neta – espaço para diálogo com os participantes. recolhimento de denúncias e a aplicação de um questionário que contempla diversos temas que compõem o porrifólio da cidadania. Assim, o trabalho continua após o evento com o encaminhamento das denúncias às autoridades competentes e a produção de relatório de diagnóstico que subsidiará a posterior atuação do Promotor local com o apoio do CAOP Cidadania. Os relatórios serão também disponibilizados na página do projeto.

 

WhatsApp Image 2019-07-09 at 9.25.31 PM (2)

A cidade de Panelas, município do Agreste Pernambucano, recebeu no dia 1º julho de 2019 o evento Cidadania com Vez e Voz. A ação realizada no Tribunal do Júri com o apoio do Promotor de Justiça da Comarca de Panelas, Dr. Filipe Wesley Leandro Pinheiro da Silv, contou com a presença de aproximadamente 130 participantes. Dentre o público, compareceram estudantes de 9º ano do Ensino Fundamental II da Escola Gregório Bezerra e do 3º ano da Escola de Referência em Ensino Médio de Panelas, gestores, advogados, líderes comunitários, conselheiros de direitos e representantes dos Poderes Executivo e Legislativo.

O objetivo do projeto Cidadania com Vez e Voz é fazer com que o MPPE esteja mais próximo da população e, a partir da escuta popular, identificar as principais necessidades de cada região visitada, propondo um diagnóstico preciso do que são prioridades para cada município, nos diversos setores que englobam a cidadania, como moradia; combate à fome; drogas; violência doméstica; direito do idoso, entre outros.

Mais informações sobre o projeto estão disponíveis em:

https://mppe.mp.br/mppe/projetos-caop-defesa-da-cidadania-2/cidadania-com-vez-e-voz

A metodologia do evento abrange, além de uma palestra da Coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania (CAOP) Cidadania – Dra. Dalva Cabral de Oliveira Neta – espaço para diálogo com os participantes. recolhimento de denúncias e a aplicação de um questionário que contempla diversos temas que compõem o porrifólio da cidadania. Assim, o trabalho continua após o evento com o encaminhamento das denúncias às autoridades competentes e a produção de relatório de diagnóstico que subsidiará a posterior atuação do Promotor local com o apoio do CAOP Cidadania. Os relatórios serão também disponibilizados na página do projeto.

 

 

WhatsApp Image 2019-07-02 at 16.57.56

A cidade de Cupira, município do Agreste Pernambucano, recebeu no dia 19 de junho de 2019 o evento Cidadania com Vez e Voz. O evento realizado na Câmara de Vereadores de Cupira, com o apoio da Promotora de Justiça da Comarca, Dra.Soraya Dutra, contou com a presença de aproximadamente 70 participantes. Dentre o público, compareceram estudantes de 9º ano do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Hilda Vieira Calado e do 3º ano da Escola Estadual Ezequiel Bertino, gestores, advogados, líderes comunitários, conselheiros de direitos e representantes dos Poderes Executivo e Legislativo.

O objetivo do projeto Cidadania com Vez e Voz é fazer com que o MPPE esteja mais próximo da população e, a partir da escuta popular, identificar as principais necessidades de cada região visitada, propondo um diagnóstico preciso do que são prioridades para cada município, nos diversos setores que englobam a cidadania, como moradia; combate à fome; drogas; violência doméstica; direito do idoso, entre outros.

Mais informações sobre o projeto estão disponíveis em:

https://mppe.mp.br/mppe/projetos-caop-defesa-da-cidadania-2/cidadania-com-vez-e-voz

A metodologia do evento abrange, além de uma palestra da Coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania (CAOP) Cidadania – Dra. Dalva Cabral de Oliveira Neta – espaço para diálogo com os participantes. recolhimento de denúncias e a aplicação de um questionário que contempla diversos temas que compõem o porrifólio da cidadania. Assim, o trabalho continua após o evento com o encaminhamento das denúncias às autoridades competentes e a produção de relatório de diagnóstico que subsidiará a posterior atuação do Promotor local com o apoio do CAOP Cidadania. Os relatórios serão também disponibilizados na página do projeto.

 

IMG-20190620-WA0118

14/06/2019 - O projeto Institucional Cidadania com Vez e Voz, de autoria do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania (Caop Cidadania), do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), esteve nesta quinta-feira, (13), na cidade de Caruaru, no Agreste pernambucano. A ação, que foi realizada no auditório da Associação Caruaruense de Ensino Superior (ASCES -UNITA), teve por objetivo dar “vez” (oportunidade de manifestação) e “voz” (fazer-se ser ouvido) à população local, sobre suas principais necessidades. Para isso, foi distribuído um formulário durante o evento e, também, registradas denúncias, inclusive de forma anônima. Posteriormente, o material foi recolhido pela coordenação do Caop para ser encaminhadas às áreas específicas.

Esta edição no Agreste contou com a participação especial do cartunista Samuca, que durante todo o encontro traduziu, através de seus desenhos, diferentes ações de cidadania que podem transformar vidas, como por exemplo: o combate à violência contra as mulheres; proteção aos direitos dos idosos; combate ao bullying, à corrupção, às drogas, etc. A cada arte, uma nova expressão de cidadania. Ao fundo do auditório e no corredor da ASCES, foi produzida uma mini exposição com os desenhos produzidos pelo cartunista. “Essa é a segunda vez que faço um trabalho para o Ministério Público. Para mim, motivo de muita honra e orgulho. E poder, através de meus desenhos, retratar in loco a importância da cidadania, além de ouvir as histórias aqui, trazidas pela população, é bastante gratificante”, enfatizou Samuca.

https://www.flickr.com/photos/mppe/48062286688/in/album-72157709082405048

Para nós, a gratificação maior é encontrar essas plenárias cheias, com esse público muito eclético, com olhares diferentes, que poderão por certo facilitar o filtro desse retrato da cidadania que a gente pretende fechar em todo o estado de Pernambuco”, celebrou a promotora de Justiça e coordenadora do Caop Cidadania, Dalva Cabral.

Receber este projeto em Caruaru é de suma importância para o plano de trabalho da Promotoria, para que possamos diagnosticar as necessidades e as demandas da sociedade caruaruense e, ao mesmo tempo, despertar o exercício dos direitos. Nós pretendemos visitar os bairros mais carentes de serviços públicos deste município e, em conjunto com a sociedade civil organizada, cobrar soluções das autoridades para as queixas que porventura sejam de nossa competência. As que não o forem, nós as encaminharemos para os órgãos responsáveis, para que sejam apuradas”, explicou o promotor de Justiça de Caruaru, Marcus Tieppo.

Participaram do evento: representantes dos conselhos tutelares; líderes comunitários; representantes da comunidade acadêmica do curso de Direito da ASCES-UNITA; professores e alunos do 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio, da rede pública de ensino Municipal e Estadual, respectivamente; além da sociedade civil organizada.

Além de Caruaru, o projeto já passou pelas cidades de Palmares, Belém de Maria, Água Preta, e Quipapá. Os próximos destinos previstos serão Cupira, no dia 19 de junho e Panelas, em 1º de Julho.

Fonte: ASCOM/MPPE

 

 

48062286428_1bb324e0e0_o

A cidade de Água Preta, município da Mata Sul, sediou no dia 10 de junho de 2019 o evento Cidadania com Vez e Voz destinado a ouvir as demandas da população dos Município de Água Preta e Xexéu.

O evento realizado no Tribunal do Júri de Água Preta, com o apoio dos Promotores de Justiça da Comarca, Dra. Vanessa Cavalcanti de Araújo e Dr. Thiago Faria Borges da Cunha, contou com a presença de aproximadamente 110 participantes. Dentre o público, compareceram estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental II da Escola Municipal João Bezerra Filho (Xexéu) e do 3º ano da Escola de Referência em Ensino Médio João Vicente de Queiroz (Água Preta), gestores, advogados, líderes comunitários, conselheiros de direitos e representantes dos Poderes Executivo e Legislativo.

O objetivo do projeto Cidadania com Vez e Voz é fazer com que o MPPE esteja mais próximo da população e, a partir da escuta popular, identificar as principais necessidades de cada região visitada, propondo um diagnóstico preciso do que são prioridades para cada município, nos diversos setores que englobam a cidadania, como moradia; combate à fome; drogas; violência doméstica; direito do idoso, entre outros.

Mais informações sobre o projeto estão disponíveis em:

https://mppe.mp.br/mppe/projetos-caop-defesa-da-cidadania-2/cidadania-com-vez-e-voz

A metodologia do evento abrange, além de uma palestra da Coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania (CAOP) Cidadania – Dra. Dalva Cabral de Oliveira Neta – espaço para diálogo com os participantes. recolhimento de denúncias e a aplicação de um questionário que contempla diversos temas que compõem o porrifólio da cidadania. Assim, o trabalho continua após o evento com o encaminhamento das denúncias às autoridades competentes e a produção de relatório de diagnóstico que subsidiará a posterior atuação do Promotor local com o apoio do CAOP Cidadania. Os relatórios serão também disponibilizados na página do projeto.

 

 

IMG-20190613-WA0001

Diário Oficial
Diário Oficial
Diário Oficial
Consulta de Licitações
publicidade consulta licitação
Consulta de Licitações
Consulta Processual
publicidade consulta processual
Consulta Processual
Publicidade Ouvidoria2
Publicidade Ouvidoria2
Publicidade Transparência SIC
Publicidade Transparência SIC
Portal SEI!
Portal SEI!
Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco