Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco
 

Destaques do MPPE

18/09/2018 - Pernambuco receberá, nas próximas quinta e sexta-feiras (20 e 21 de setembro) o 9º Encontro Nacional de Memoriais do Ministério Público. O evento tem por objetivo reunir representantes de memoriais e demais integrantes do MP brasileiro, além de representantes de centros de memória, a fim de debater a temática da documentação e memória das instituições.

O Encontro será aberto às 9 horas do dia 20, no Centro Cultural Rossini Alves Couto, com a apresentação do Memorial Virtual do MPPE. Em seguida, o professor do Departamento de História do Brasil da Universidade Federal de Pernambuco, Antônio Montenegro, vai proferir a conferência História oral: instrumentos de coleta para a construção da identidade do MP.

No período da tarde, os participantes do Encontro vão realizar uma visita guiada ao Memorial da Justiça de Pernambuco, no bairro do Recife. No local, serão debatidos aspectos da conservação, restauro, catalogação, digitalização e disponibilização de documentos.

No dia seguinte, as atividades serão realizadas, durante a manhã, no auditório da Procuradoria Geral do Estado e se iniciam com a mesa Acessibilidade em espaços culturais e a apresentação dos projetos Memória e ação do MPF e suas contribuições e Personalidades do MPRJ. Ao final, será exibido o documentário Curva do tempo: uma viagem pelas memórias do Ministério Público, produzido pela Associação do Ministério Público de Pernambuco. No período da tarde, o Encontro será encerrado com uma visita guiada ao Paço do Frevo, museu localizado no bairro do Recife.

Imagem acessível: retângulo alaranjado tem em sua parte inferior fotografia opaca da cidade do Recife em tempos antigos. Na parte superior, os dizeres: IX Encontro Nacional de Memoriais do Ministério Público

18/09/2018 - O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) assinou Termo de Cooperação Técnica com a prefeitura de Igarassu com o objetivo de que a cidade faça adesão ao projeto Cidade Pacífica. Estiveram presentes no evento de assinatura o prefeito de Igarassu, Mario Ricardo; o promotor de Justiça de Igarassu, Alexandre Saraiva; e o promotor de Justiça e coordenador do Cidade Pacífica, Luís Sávio Loureiro.

“O projeto está sendo levado para diversas cidades e nosso objetivo é criar um grande debate, envolvendo a sociedade civil e demais atores públicos sobre segurança pública. Os prefeitos estão recebendo diversas metas em vários eixos, para aplicarem soluções simples que irão impactar significativamente a segurança de diversos locais", disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros. Ainda segundo ele, um índice de cidades pacificadas irá ranquear os municípios mais seguros do Estado.

“Como Igarassu é uma cidade grande, com mais de 120 mil habitantes, e está entre as dez mais violentas de Pernambuco, esperamos que com o convênio, em médio prazo, com o cumprimento das metas pelo município, ela possa despencar no ranking, passando a figurar entre as menos violentas do Estado”, comentou o promotor de Justiça de Igarassu, Alexandre Saraiva. “Estou muito satisfeito em participar do projeto Cidade Pacífica e o nosso gabinete estará acompanhando de perto as ações e estimulando, ainda mais, a segurança em nossa cidade”, reforçou o prefeito de Igarassu, Mario Ricardo.

 

Igarassu assina termo para adesão ao Cidade Pacífica

O MPPE irá realizar um acompanhamento constante das ações de segurança a partir de ciclos de monitoramento. “Vamos ter acesso ao banco de dados do Pacto Pela Vida para podermos mapear áreas com maior violência em todo o Estado. Após esse mapeamento vamos firmar um pacto e as cidades passam a ser constantemente avaliadas, compondo, assim, um índice de pacificação em nosso Estado”, disse o promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Criminal (Caop Criminal), Luiz Sávio Loureiro da Silveira. Entre os dados que serão consultados estão os números de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLI) e o de Crimes Patrimoniais (CVP).

Ao fim do ciclo de monitoramento, os municípios que atingirem as metas recebem do MPPE uma certificação que gera, além das conquistas no combate à criminalidade, a possibilidade de obter recursos públicos e privados para investimentos na qualidade de vida dos cidadãos.

Eixos - Com o Cidade Pacífica, os governos municipais podem apresentar medidas distribuídas em nove eixos temáticos, são eles: Guarda municipal pacificadora; Segurança nos estabelecimentos comerciais/bancários; Esporte pacificador/Cultura/Lazer; Mesa municipal de segurança; Proteção integrada pacificando escolas; Empresas solidárias; Transporte pacificador; Iluminação pacificadora; e Pacificando Bares e similares (operação Bar Seguro). O município poderá aderir ao projeto através de convênio firmado com o MPPE, por intermédio da promotoria local, devendo obrigatoriamente implementar os cinco primeiros eixos e selecionar outros dois, de acordo com a sua realidade.

18/09/2018 - O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) organizou em um hotsite as principais informações sobre a Lei Complementar n.º 390, promulgada no último 11 de setembro deste ano, e intitulada Democracia Plena. A página, acessível pelo link https://democraciaplena.mppe.mp.br/, reúne a legislação na íntegra, as principais notícias veiculadas sobre a temática, além de vídeos e peças de comunicação que podem ser baixadas pelos internautas.

“Demos um grande e importante passo para a modernização e democratização do MPPE. Passamos quase 20 anos discutindo esse tema nos congressos do MP, até que resolvemos sair do discurso e partir para prática. Em Pernambuco, a Associação do Ministério Público de Pernambuco (AMPPE) promoveu assembleia-geral que resultou no encaminhamento de uma proposta para Procuradoria-Geral de Justiça a partir da qual ampliamos o seu espectro e conteúdo, fazendo tramitar internamente. Ao nosso sentir, o debate em torno das novas possibilidades democráticas dentro do Ministério Público foi esgotado, tendo sido transformado pelo Poder Legislativo, após toda tramitação legal, em norma que goza de plena eficácia”, disse o procurador-geral de Justiça do MPPE, Francisco Dirceu Barros.

Serviço

Hotsite Democracia Plena

Link: https://democraciaplena.mppe.mp.br/

 

17/09/2018 - O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) realiza, a partir desta segunda-feira (17), a apresentação do projeto Educação contra a Corrupção e a Sonegação para estudantes dos ensinos médio e fundamental das redes municipal e estadual de Petrolina, Serra Talhada e Limoeiro. As ações são promovidas pelos Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Direito à Educação (Caop Educação) e de Combate à Sonegação Fiscal (Caop Sonegação Fiscal), em parceria com as Promotorias de Justiça locais.

“O projeto tem como objetivo levar às crianças e adolescentes, de forma lúdica e interativa, noções sobre o tema, demonstrando atitudes erradas que aparentemente não parecem, mas são corrupção. Além disso, reforçamos a ideia de que um bom cidadão se constrói com honestidade e boas atitudes”, comentou o promotor de Justiça e coordenador do Caop Educação, Sérgio Souto.

Nesta segunda-feira (17), cerca de 200 alunos do ensino fundamental de Petrolina estiveram no auditório do Hotel Grande Rio para assistir a apresentação ministrada pelo promotor de Justiça Sérgio Souto, pela promotora de Justiça de Petrolina, Rosane Moreira; e por representantes da Secretaria municipal de Educação. A programação ainda incluiu uma dinâmica com um arte educador e encenação artística abordando o tema. Participaram da ação as escolas Nossa Senhora Rainha dos Anjos; Luís Rodrigues; Luiza de Castro e São Domingos Sávio.

À tarde, o evento ocorreu na Escola de Referência de Ensino Médio (EREM), Clementino Coelho, reunindo cerca de 400 alunos. “É motivo de muita alegria participar desse excelente projeto. Durante as apresentações, os alunos estavam entusiasmados e puderam tirar dúvidas e aprender várias lições. É com educação que a gente consegue resolver, se não todos, a maioria dos problemas”, comentou a  promotora de Justiça de Petrolina, Rosane Moreira.

“Ao abordar a corrupção de uma forma mais ampla, a gente faz com que as crianças entendam, desde cedo, o verdadeiro sentido da cidadania, possibilitando uma sociedade mais justa e igualitária. E a escola é o lugar ideal para disseminar esse pensamento”, destacou a diretora de Formação da Secretaria Municipal de Educação de Petrolina, Willany Cunha.

 

Projeto Educação Contra a Corrupção e a Sonegação - Petrolina 17/09/18

Próximas cidades - Na manhã da quarta-feira (19), o projeto será apresentado no Auditório da Câmara dos Vereadores deSerra Talhada para cerca de 330 alunos do ensino fundamental das Escolas João Pereira dos Santos (Propac), Batista Guilherme Carry e Nossa Senhora da Penha. À tarde, será a vez de cerca de 200 alunos do EREM Cornélio Soares refletirem sobre o tema. Já no dia 25 de setembro, a cidade de Limoeiro recebe o projeto do MPPE. De manhã na Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro (Facal), no Centro, e de tarde em local ainda a ser definido.

17/09/2018 - O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) solicitou aos partidos políticos e candidatos de Custódia que utilizem de forma correta bandeiras e adesivos no período de campanha eleitoral. A recomendação deve-se pelo fato de que bandeiras, com adesivos fixados em sua base, estão sendo fixadas em vias de circulação de pedestres, em contrariedade ao que diz a legislação, que proíbe o uso de materiais que atrapalhem a circulação de pedestres. Além disso, os adesivos colados nessas bandeiras devem ser retirados.

As bandeiras só podem ser fixadas das 6 às 22 horas. O MPPE recomendou que os partidos e candidatos se abstenham de fixar bandeiras ou adesivos em árvores e jardins localizados em áreas públicas, bem como em muros, cercas e tapumes divisórios. Em relação aos adesivos, os mesmos só podem ser colados em automóveis, caminhões, bicicletas, motocicletas e janelas residenciais, desde que não excedam o tamanho de meio metro quadrado.

“As irregularidades deverão ser sanadas no prazo máximo de 48 horas, sob pena de ser interposta Representação Eleitoral, que poderá culminar nas penalidades legais”, afirmou o promotor de Justiça de Custódia, Tiago Meira de Souza.

Cópias da recomendação devem ser encaminhadas com urgência aos dirigentes dos diretórios, comitês no âmbito do Município de Custódia, bem como aos candidatos identificados e aos responsáveis pela colocação e retirada das bandeiras.

O descumprimento das recomendações acarretará em multa de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

Imagem acessível: retângulo branco tem cruzando o seu interior faixa ondulada nas cores verdes amarelas, ornada com o círculo que fica no centro da bandeira do Brasil. Acima os dizeres Eleições 2018

Veja todas as Materias Relacionadas

DENÚNCIAS

CENTROS DE APOIO

CAOPs

Os Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça (Caop) são órgãos auxiliares da atividade funcional do Ministério Público, instituídos com a finalidade de subsidiar os órgãos de execução, a exemplo dos promotores e procuradores de Justiça, por meio do estímulo à integração e ao intercâmbio entre esses órgãos que atuam na mesma área de atividade e/ou que tenham atribuições comuns. Outra finalidade é estabelecer o intercâmbio entre esses órgãos de execução com entidades ou órgãos públicos ou privados que atuem em áreas afins, para a obtenção de elementos técnicos especializados necessários ao desempenho das funções dos promotores e procuradores de Justiça, entre outros.

Atualmente, existem no MPPE nove Centros de Apoio Operacional. São eles: O Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Combate à Sonegação Fiscal (Caop Sonegação Fiscal); assim como os Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Criminais (Caop Criminal), de Defesa da Cidadania (Caop Cidadania); do Consumidor (Caop Consumidor); da Infância e Juventude (Caop Infância e Juventude); do Meio Ambiente (Caop Meio Ambiente); do Patrimônio Público e Terceiro Setor (Caop Patrimônio Público); da Saúde (Caop Saúde) e da Educação (Caop Educação).

 

 

Caop Saúde

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
Saiba onde encontrar os Centros de Apoio

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Veja todas as Notícias
Diário Oficial
Diário Oficial
Diário Oficial
Consulta de Licitações
publicidade consulta licitação
Consulta de Licitações
Consulta Processual
publicidade consulta processual
Consulta Processual
Publicidade Ouvidoria2
Publicidade Ouvidoria2
Publicidade Transparência SIC
Publicidade Transparência SIC
Portal SEI!
Portal SEI!
Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco